Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/236
Tipo do documento: Dissertação
Título: Neuroeducação e práticas pedagógicas dos professores de escolas públicas das séries finais do ensino fundamental em ensino de ciências.
Título(s) alternativo(s): Neuroeducation and pedagogical practices of the teachers of public schools of the final series of elementary education in science education.
Autor: Santiago Júnior, Clorijava de Oliveira 
Primeiro orientador: Barbosa, Ierecê dos Santos
Primeiro membro da banca: Barbosa, Ierecê dos Santos
Segundo membro da banca: Aguiar, José Vicente de Souza
Terceiro membro da banca: Siqueira, Thomaz Décio Abdala
Resumo: O presente estudo vinculado à linha de pesquisa Currículo e Cognição tem como objetivo compreender as práticas pedagógicas dos professores que trabalham nos anos iniciais do Ensino Fundamental em Ciências, tendo como base os fundamentos da Neuroeducação. O surgimento da Neuroeducação deu-se através da intercessão entre a Psicologia, Neurociência e Educação. Trata-se de uma campo emergente e que auxilia o ser humano a modificar estruturas funcionais limitantes na aprendizagem e aperfeiçoa as operações das matrizes de inteligência através do seu mapeamento cerebral, possibilitando a expressão máxima da sua potencialidade. Percebe-se que as práticas pedagógicas são importantes ferramentas para tornar mais efetivas e adequadas às necessidades de cada aluno. Desta forma, para que isso aconteça é preciso que o professor direcione suas atividades e avaliação, a fim de alcançar objetivos mútuos, com um currículo comum em diferentes níveis, práticas pedagógicas diferenciadas. Os principais autores que embasaram essa pesquisa foram: Piaget (1967); Gardner (1994); Houzel (2002); Lundy-Ekman (2008); Relvas (2010); Consenza e Guerra (2007); Lent (2013) Krasilchik (1987); (Heber Maia (2014) Optou-se por um método qualitativo para obtenção de dados. A amostra constou de 16 professores da rede Pública Estadual do Ensino Fundamental submetidos de forma voluntária a um formulário, contendo oito questões. Sobre essas questões buscou-se uma reflexão sobre os conhecimentos dos professores no tocante a utilização das técnicas de ensino fundamentadas na Neuroeducação. Concluiu-se que a Neuroeducação podem nortear as práticas pedagógicas, pois busca instrumentalizar o professor através da aplicação dessas práticas. Sendo desenvolvida para superar os obstáculos de aprendizagem.
Abstract: In this research, linked Line of research tem cognition Curriculum and pedagogical an understand practices as two professors who work years early we do Primary Education Sciences, having as basis Neuroeducation gives you grounds. The emergence in Neuroeducação it gave the using intercession enters Psychology, Neuroscience and Education series. Try de uma emerging field and that helps to modify or human functional structures limiting in learning and perfect headquarters operations intelligence of using your brain mapping, allowing at maximum expression of its potential. Barnacle is that as important pedagogical Practices are more tools to turn effective and appropriate as requirements of each student. That, this is happening or teacher must direct its activities and evaluation to objectives catch up mutual, with a level diversified curriculum, differentiated pedagogical Practices. I main authors underpin this research were Piaget (1967); Gardner (1994); Houzel (2002); Lundy-Ekman (2008); Relvas (2010); Cosenza and Guerra (2007); Lent (2013) Krasilchik (1987); (Heber Maia (2014) we chose a qualitative method obtaining dice. The sample found 16 teachers Public Elementary School State Network submitted voluntarily to form um, contain eight Questions. About here, questions sought to reflect on Knowledge the two non-respect teachers to use the teaching techniques fundamentals in Neuroeducation. Concluded that Neuroeducation should be present pedagogical Practices at the, because seeks to instrumentalize or teacher using application practices. Was modernity developed to turn to education more enjoyable and overcome disabilities as learning.
Palavras-chave: ensino de ciências
neuroeducação
aprendizagem
Área(s) do CNPq: EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM
PSICOLOGIA::PSICOLOGIA DO ENSINO E DA APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Amazonas
Sigla da instituição: UEA
Departamento: Escola Normal Superior ENS::PROPESP
Programa: Educação e Ensino de Ciências na Amazônia
Citação: Santiago Júnior, Clorijava de Oliveira. Neuroeducação e práticas pedagógicas dos professores de escolas públicas das séries finais do ensino fundamental em ensino de ciências.. 2016. 123 f.. Dissertação (Educação e Ensino de Ciências na Amazônia) - Universidade do Estado do Amazonas, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/236
Data de defesa: 16-Dez-2016
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÕES - PPGECA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Neuroeducação e práticas pedagógicas dos professores de escolas públicas Dissertação.pdfDocumento Principal - Dissertação3,37 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons