Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/202
Tipo do documento: Dissertação
Título: O gerúndio na expressão de tempo futuro na diversidade do português do manauara
Autor: Simais, Ana Augusta de Oliveira
Primeiro orientador: Martins, Silvana Andrade
Primeiro membro da banca: Silva, Raynice Geraldine Pereira da
Segundo membro da banca: Martins, Valteir
Resumo: No português brasileiro, a ocorrência do gerúndio para expressar a futuridade tem despertado a atenção dos estudiosos que buscam registrar e analisar a variação e a mudança linguística no escopo da Língua Portuguesa. Nesta perspectiva de estudo, investiga-se a ocorrência do gerúndio na expressão do futuro na diversidade do português do manauara. Fundamentado na teoria Sociofuncionalista, que converge princípios da Sociolinguística Variacionista e do Funcionalismo Linguístico Tavares (2013) e Castilho (2012), tem-se como objeto de análise a construção gerundiva codificada por três verbos ‘ir + estar + gerúndio’ como indicação de tempo futuro, objetivando verificar em quais contextos ela ocorre e quais fatores contribuem para o uso desta variante. O corpus de análise se constitui de textos representativos das modalidades da escrita e da fala, distribuídos em um contínuo de graus de monitoramento que se estendeu dos mais formais aos menos formais. Da escrita, foram analisados dois periódicos da cidade de Manaus, o jornal ‘Acrítica’ e o ‘Diário do Amazonas’ e bate-papos, mensagens e comentários escritos por usuários na página do Facebook de um dos programas televisivos locais e de interações feitas entre docentes e acadêmicos em um grupo do aplicativo WhatsApp. Na fala, são examinadas as interações em contextos mais formais e menos formais provenientes da fala de professores, atendentes de lojas comerciais, além de registros da fala espontânea coletados no cotidiano dos manauaras. O corpus constituído e recebeu tratamento estatístico, por meio do programa GoldVarbX, analisando-se os seguintes grupos de fatores como favorecedores ou inibidores da ocorrência da perífrase gerundiva em estudo. Os linguísticos: I) Variável Dependente: a) gerundismo, b) não gerundismo; II) tipos de verbo: auxiliar: ir (presente); III) modal: poder; com indicativo de certeza; 2. sem indicativo de certeza; 3. com indicativo de dúvida; IV Marcas de tempo futuro: a) presença da marca (advérbio de tempo, locução encabeçada pela preposição ‘em’, locução não encabeçada pela preposição ‘em’), b) ausência de marca; V) Tipos de Oração: a) oração absoluta; b) oração principal, c) oração subordinada, d) oração coordenada, e) oração interrogativa; VI) Pessoa do Discurso: a) primeira pessoa do singular; b) segunda pessoa do singular; c) terceira pessoa do singular; d) primeira pessoa do plural e) terceira do plural. Os resultados mostraram que a perífrase ‘ir + estar + gerúndio’ está mais restrita à fala e ocorre tanto em contextos de interação mais formais quantos menos formais. Os fatores favorecedores desta construção gerundiva são a ausência de marca de tempo indicador de futuro e orações coordenadas.
Abstract: In Brazilian Portuguese, the occurrence of the gerund to express futurity has gotten the attention of studious who seek to record and analyze the variation and linguistics change in the scope of the Portuguese language. In this perspective of study, it is investigated the occurrence of the gerund in the expression of the future in the diversity of manauara Portuguese. Based on Sociofunctionalist theory that converges principles of Variationist Sociolinguistics and Linguistics Functionalism Tavares (2013) and Castillo (2012), it has as an object of analysis the gerundive construction coded by three verbs 'go + be + gerund' as an indication of future tense, in order to verify in which contexts it occurs and what factors contribute for the use of this variant. The analysis corpus is constituted of representative texts of the modalities of forms and speech, distributed in a continuum of degrees of monitoring that it was extended from the most formal to the less formal. About Writing, two journals from the city of Manaus were analyzed, the newspaper "A crítica" and "O Diário do Amazonas" and chats, messages and comments written by users on the Facebook page from one of the local television programs and from interactions made between teachers and academics in a group of WhatsApp application. About Speech, interactions areexamined in more formal and less formal contexts from speaking teachers, shop attendants, beyond records of spontaneous speech collected in manuara’s daily life. The constituted corpus and received statistical treatment through the GoldVarbX program, analyzing the following groups of factors as favorer or occurrence inhibitors of gerundive periphrasis on study. The Linguistic: I) Dependent Variable: a) gerundismo, b) non-gerundismo; II) types of verb: help: go (present); III) modal: can; with indication of certainty; 2. with no indication of certainty; 3. with indication of doubt; IV Marks of future tense: a) presence of the mark (adverb of time, locution headed by the preposition 'in', locution not headed by the preposition 'in'), b) no mark; V) Types of Clause: a) absolute clause; b) main clause, c) subordinate clause, d) independent clause and) interrogative clause; VI) Person of Speech: a) the first person singular; b) second-person singular; c) third person singular; d) first person plural and e) third plural. The results showed that the periphrasis 'go + be + gerund is more restricted to speech and occurs both in more formal contexts of interaction than less formal. The favorer factors of this gerundive construction are the absence of time mark, future indicator and coordinate clauses.
Palavras-chave: Língua Nativa - Manaus
Língua Manauara
Língua Falada - Manaus
Língua regional - Amazonas
Fisiologia da Linguagem - Manaus
Área(s) do CNPq: LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
LINGUISTICA::FISIOLOGIA DA LINGUAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Amazonas
Sigla da instituição: UEA
Departamento: Escola Superior de Artes e Turismo ESAT::PROPESP
Programa: Letras e Artes
Citação: Simais, Ana Augusta de Oliveira. O gerúndio na expressão de tempo futuro na diversidade do português do manauara. 2016.126 f.. Dissertação (Letras e Artes) - Universidade do Estado do Amazonas,Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/202
Data de defesa: 24-Mar-2016
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÕES - PPGLA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
O gerúndio na expressão de tempo futuro na diversidade do português do manauara Dissertação.pdfDocumento principal712,52 kBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons