???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/84
Tipo do documento: Dissertação
Título: Divulgação científica em 140 caracteres: o twitter Institucional da FAPEAM
Autor: Tomás, Renata Nobre 
Primeiro orientador: Cavalheiro, Juciane dos Santos
Primeiro membro da banca: Gonçalves, Carolina Brandão
Segundo membro da banca: Sena, Odenildo Teixeira
Resumo: Com o advento da internet, houve grandes mudanças na forma como temos acesso à informação. No campo da divulgação científica, já verificamos inúmeras instituições utilizando novas formas de comunicação nos moldes www. Além dos tradicionais meios, temos hoje sites e portais, revistas eletrônicas, fóruns de debates e até perfis nas redes sociais. Um exemplo é o crescente uso que as instituições vêm fazendo do Twitter, ferramenta concisa e instantânea que vem sendo empregada por instituições de ensino e pesquisa para divulgar as pesquisas por elas produzidas. Este trabalho objetiva, portanto, analisar como é constituído o discurso da divulgação científica em um gênero discursivo que emerge nesse contexto de valorização da internet – o tweet – um gênero cujas mensagens não podem ultrapassar 140 caracteres. Para compor nosso corpus, selecionamos 12 meses de postagens do Twitter institucional da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas – FAPEAM – o que totalizou 1378 tweets. Para fundamentar a nossa pesquisa, embasamo-nos principalmente em Bueno (1985, 2007, 2009, 2010 e 2012), Zamboni (2001) e Orlandi (2001), para tratarmos dos limites entre o discurso da ciência e o discurso da divulgação científica, bem como em Bourdieu (1983 e 2001), para discutirmos sobre os conflitos existentes no interior desses dois campos; em Bakhtin (2003) e Marcuschi (2008), para caracterizarmos como o tweet da esfera científica constitui-se enquanto gênero discursivo e como se configura quanto à construção composicional, estilo e conteúdo temático; e, por fim, em Bakhtin/Volochínov (2009), Authier-Revuz (1998 e 2004) e Maingueneau (1996 e 1997), para tratarmos da relevância e da constituição do discurso de autoridade para a divulgação científica. Verificamos que além da estrutura composicional fixa de 140 caracteres – o que há de mais estável no tweet – também faz parte de sua estrutura um avatar, imagem ao lado esquerdo do texto, e ícones com algumas informações adicionais abaixo da mensagem, propiciando maior facilidade para inclusão e acesso de dispositivos de imagens, som e vídeos. Quanto ao estilo, por pertencer à esfera do jornalismo científico, apresenta linguagem simples e objetiva, períodos na ordem direta, emprego da terceira pessoa do singular, predomínio da norma culta e uso de poucos adjetivos. Apesar de serem textos curtos, são raras as reduções de palavras, o emprego de internetês e de emoticons. O conteúdo temático, por sua vez, diferencia-se de perfis pessoais, jornalísticos e até mesmo de alguns institucionais. O Twitter da FAPEAM aborda temáticas ligadas à ciência e à tecnologia, predominando notícias gerais sobre pesquisas, eventos e editais. Também é recorrente o atendimento ao usuário e enquetes. A maioria das postagens apresenta um link, que conduz, geralmente, a uma notícia na homepage da própria fundação. Quanto ao discurso reportado, verificamos que foi empregado em 19,6% dos tweets, com a predominância de retweets e discurso direto.
Abstract: With the coming of the internet, there were major changes in the way we access information. In the field of scientific divulgation, many institutions have found new ways of communicating by using the www molds. In addition to traditional media, we now have websites and portals, electronic journals, discussion forums and even social networking profiles. An example of that is the increasing use institutions have been doing of Twitter – instant and concise tool that has been used for teaching and research institutions to promote research produced by them. This study aims, therefore, to analyze how the scientific divulgation discourse is constituted in a discursive genre that emerges in this context of valorization of the internet – the tweet – a genre where messages cannot exceed 140 characters. To compose our corpus, we selected 12 months of institutional Twitter posts from the Foundation of Support for Research of the State of Amazonas – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) – which amounted 1378 tweets. To support our research, we mainly based in: Bueno (1985, 2007, 2009, 2010 and 2012), Zamboni (2001) and Orlandi (2001), to treat the boundaries between science discourse and the discourse of scientific divulgation; Bourdieu (1983 and 2001), to address the conflicts within those two fields; Bakhtin (2003) and Marcuschi (2008), to characterize how the tweet from the scientific sphere is constituted as a discoursive genre and how it is configured regarding the compositional construction, style and thematic content; Bakhtin/Volochínov (2009), Authier-Revuz (1998 and 2004) and Maingueneau (1996 and 1997), to address the relevance and the constitution of the discourse of authority for science communication. We found that in addition to the compositional structure fixed to 140 characters – the most stable characteristic in the tweet – other parts of its structure are an avatar image to the left side of the text, and icons with some additional information below the message, providing greater ease in the inclusion and access of devices, images, sound and videos. As for style, for belonging to the sphere of science journalism, it presents simple and objective language, sentences in direct order, use of the third person singular, predominant cultural norms and use of few adjectives. Despite being short texts, the use of contracted of words, emoticons and Internet language is rare. The thematic content, in turn, is different from the one in personal, journalistic and even some institutional profiles. The FAPEAM twitter addresses issues related to science and technology, prevailing general news about research, events and invitations to tender documents. The customer service and the surveys are also recurrent. Most of the posts have a link, which generally leads to a news story on the homepage of the foundation itself. Regarding the reported speech, it was found in 19.6% of the posts, with the predominance of retweets and direct speech.
Palavras-chave: Comunicação em Massa
Rede social
Divulgação científica
Área(s) do CNPq: TEORIA DA INFORMACAO::PROCESSOS DA COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Amazonas
Sigla da instituição: UEA
Departamento: Escola Normal Superior ENS::PROPESP
Programa: Educação e Ensino de Ciências na Amazônia
Citação: Tomás, Renata Nobre. Divulgação científica em 140 caracteres: o twitter Institucional da FAPEAM. 2013. 161 f. Dissertação (Educação e Ensino de Ciências na Amazônia) - Universidade do Estado do Amazonas, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/84
Data de defesa: 25-Feb-2013
Appears in Collections:DISSERTAÇÕES - PPGECA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Divulgação Científica em 140 caracteres Dissertação.pdfDissertação - Documento principal3,27 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons