???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/306
Tipo do documento: Dissertação
Título: O ensino de Ciências na formação dos professores: limites, desafios e possibilidades no curso de Pedagogia
Título(s) alternativo(s): The teaching of science in the training of teachers: limits, challenges and possibilities in the course of Pedagogy
Autor: CIN Rodrigues, Cintia Cavalcante 
Primeiro orientador: Costa, Lucinete Gadelha da
Primeiro membro da banca: Costa, Lucinete Gadelha da
Segundo membro da banca: Cavalcante, Lucíola Inês Pessoa
Terceiro membro da banca: Costa, Mauro Gomes da
Resumo: A pesquisa intitulada o ensino de ciências na formação dos professores: limites, desafios e possibilidades no curso de Pedagogia foi desenvolvida no Mestrado em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e teve por objetivo compreender os limites, desafios e possibilidades do Ensino de Ciências no Curso de Pedagogia para os anos iniciais do Ensino Fundamental. A formação de professores no Ensino de Ciências tem se mostrado alvo de discussões e debates no que se refere aos anos iniciais do Ensino Fundamental. Este componente curricular, direcionado aos estudantes dos anos iniciais, é constituído por profissionais formados na Licenciatura de Pedagogia. Neste sentido, faz-se necessário compreendermos a formação inicial destes futuros professores. A base teórica desta investigação fundamentou-se na epistemologia de Gaston Bachelard com a formação do espírito científico. As categorias de análise foram organizadas em: Concepções de Ciência e Ensino de Ciências, o Ensino de Ciências enquanto componente curricular e o Ensino de Ciências no Curso de Pedagogia. Nos procedimentos metodológicos trabalhamos numa abordagem qualitativa de investigação. O tipo de pesquisa apresentada é a participante, com as técnicas de observação da disciplina Metodologia do Ensino e Aprendizagem das Ciências da Natureza, entrevistas semiestruturadas com a professora da disciplina e com a coordenadora do Curso, além de Grupo Focal com os estudantes finalistas da Pedagogia. Trabalhamos na análise dos dados, a partir de Laurence Bardin com a análise do conteúdo, triangulando os diferentes dados coletados numa perspectiva dialética. Os resultados da análise mostraram os limites nas concepções que ora eram restritivas quanto ao Ensino de Ciências, limitando a um único componente curricular, ora viam em uma esfera de investigação, reflexão e como elemento de soluções de problemas sociais, evidenciando a ausência de políticas públicas que corroborem com o tripé: Ensino, Pesquisa e Extensão. Tais limites configuram-se como desafios a serem superados pelo coletivo que constitui esse processo formativo de estudantes de pedagogia que precisam desenvolver um espírito científico, crítico e reflexivo. Quanto às possibilidades deste processo, evidenciamos a interdisciplinaridade e a luta por políticas públicas de formação para os professores no Ensino de Ciências. Portanto, entendemos que esta área do conhecimento possui limites, desafios e possibilidades que vão muito além de um componente curricular, abrindo caminhos para outras indagações que fazem parte do Currículo da Pedagogia e, consequentemente, do Ensino de Ciências, entendendo que acreditar que um professor pesquisador, reflexivo e crítico não nasce pronto, mas pode ser desenvolvido a partir de sua formação.
Abstract: The research entitled The Science Education In Teacher Training: limits, challenges and possibilities in the course of pedagogy was developed in the Master's Degree in Science Education and Teaching in the Amazon from the Universidade do Estado do Amazonas (UEA) in which the objective was to understand the limits, challenges and possibilities of Teaching Science in the Pedagogy Course. The training of teachers in Science Teaching has been the subject of discussions and debates regarding the initial years of Elementary Education. This curricular component directed to the students of the initial years is formed by professionals trained in the Degree of Pedagogy in this sense it is necessary to understand the initial formation of these future teachers. The theoretical basis of this research was based on the epistemology of Gaston Bachelard with the formation of the scientific spirit. The analysis’ categories were organized in: Conceptions of Science and Teaching of Sciences, Teaching of Sciences as a curricular component and Teaching of Sciences in the Pedagogy’s Course. In methodological procedures we work on a qualitative research approach. The kind of research presented is the participant with the observation techniques of the Teaching Methodology and Learning Sciences Nature, semi-structured interviews with the teacher of the discipline, coordinator of the Course and Focal Group with the finalist students of Pedagogy. We work on Data analysis, from Laurence Bardin with the content analysis triangulating the different data collected in a dialectical perspective. The analysis results showed the limits in the conceptions that were now restrictive in relation to Science Teaching, limiting it to a single curricular component, or they saw it in a sphere of investigation, reflection and as solutions element of social problems evidencing the absence of public policies that corroborate with the tripod: Teaching, Research and Extension. These limits constitute challenges to be overcome by the collective that constitutes this formative process of pedagogy’s students who need to develop a scientific, critical and reflective spirit. Regarding the process possibilities, we highlight the interdisciplinarity and the struggle for public education policies for teachers in Science Teaching. Therefore, we understand this knowledge area has limits, challenges and possibilities that go far beyond a curricular component, opening up paths to other questions which permeate the Curriculum of Pedagogy and, consequently, Science Teaching, understanding that we believe that a researcher teacher, reflective and critical is not born ready, but can be developed from its formation.
Palavras-chave: Formação de professores
Ensino de Ciências
Pedagogia
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Amazonas
Sigla da instituição: UEA
Departamento: Escola Normal Superior ENS::PROPESP
Programa: Educação e Ensino de Ciências na Amazônia
Citação: CIN Rodrigues, Cintia Cavalcante. O ensino de Ciências na formação dos professores: limites, desafios e possibilidades no curso de Pedagogia. 2017. 11 f.. Dissertação( Educação e Ensino de Ciências na Amazônia) - Universidade do Estado do Amazonas, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/306
Data de defesa: 30-Mar-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÕES - PPGECA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O ensino de Ciências na formação dos professores limites, desafios e possibilidades no curso de Pedagogia.pdfDocumento principal - Dissertação2,5 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons