???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/289
Tipo do documento: Dissertação
Título: O projeto estético de Mia Couto: mito, tradição e diálogo em A confissão da leoa
Título(s) alternativo(s): The aesthetic project of Mia Couto: myth, tradition and dialogue in The confession of the lioness
Autor: Martins, Ilson Ferreira 
Primeiro orientador: Rolon, Renata Beatriz Brandespin
Primeiro membro da banca: Rolon, Renata Beatriz Brandespin
Segundo membro da banca: Lima, Marinei Almeida
Terceiro membro da banca: Silva, Allison Marcos Leão da
Resumo: A presente pesquisa tem como objetivo analisar elementos que consideramos fundamentais no projeto estético do escritor moçambicano Mia Couto, circunscrevendo-se as categorias de mito, tradição e diálogo, a partir do romance A confissão da leoa (2012), do mencionado autor. Nesse sentido, procuramos demonstrar que esse autor busca modos de dizer não só um, mas diversos mundos, por vezes, atribuindo ao literário a função de preencher lacunas do imaginário, que as palavras “comuns” não conseguem dizer. O resultado disso é uma composição narrativa que conjuga valores inerentes à memória ancestral e/ou às tradições culturais de Moçambique, numa espécie de diálogo desses valores com instâncias contemporâneas. Em A confissão da leoa, os discursos dos narradores são permeados por rememorações que permitem a emergência de vozes, tanto de outras personagens que compõem a trama, como de instâncias míticas e/ou valores da tradição, evocados de modo a promover reflexões sobre fatos, reais ou imaginários, perpassados no quotidiano da sociedade moçambicana. Nesse contexto, o autor tanto pode revisitar um passado remoto, ancestral, como também um passado mais recente, por vezes, desvelando realidades perturbadoras, entre as quais a condição subjugada da mulher frente ao homem, sendo esta uma situação mais saliente em comunidades rurais de Moçambique. Em suma, mito, tradição e diálogo surgem, no romance, como que a modular criações de mundos possíveis, ancorados no poder criativo da linguagem literária.
Abstract: The present research aims to analyze elements that we consider fundamental in the aesthetic project of the Mozambican writer Mia Couto, circumscribing the categories of myth, tradition and dialogue, starting from the novel The Confession of the Lioness (2012), of the mentioned author. In this sense, we try to demonstrate that this author seeks ways of saying not only one but several worlds, sometimes attributing to the literary the function of filling gaps in the imaginary that the words "ordinary" can not say. The result of this is a narrative composition that combines values inherent to the ancestral memory and / or the cultural traditions of Mozambique, in a kind of dialogue of these values with contemporary instances. In The Confession of the Lioness, the discourses of the narrators are permeated by remembrances that allow the emergence of voices, both from other characters that compose the plot, and from mythical instances and / or values of tradition, evoked in order to promote reflections on facts, real or imagined, pervaded in the daily life of Mozambican society. In this context, the author can both revisit a remote past, ancestral past, as well as a more recent past, sometimes revealing disturbing realities, including the subjugated condition of women vis-a-vis man, which is a more salient situation in rural communities of Mozambique. In short, myth, tradition and dialogue appear in the novel as modulating creations of possible worlds, anchored in the creative power of literary language.
Palavras-chave: Mia Couto
Projeto estético - Mia Couto
Mito - Romance
Tradição - Romance
Diálogo - Romance
Área(s) do CNPq: LETRAS::LITERATURAS ESTRANGEIRAS MODERNAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Amazonas
Sigla da instituição: UEA
Departamento: Escola Superior de Artes e Turismo ESAT::PROPESP
Programa: Letras e Artes
Citação: Martins, Ilson Ferreira. O projeto estético de Mia Couto: mito, tradição e diálogo em A confissão da leoa. 2017. 89 f. Dissertação( Letras e Artes) - Universidade do Estado do Amazonas, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/289
Data de defesa: 31-Jul-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÕES - PPGLA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O projeto estético de Mia Couto mito, tradição e diálogo em A confissão da leoa.pdfDocumento principal - Dissertação897,32 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons