???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/232
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo dos polimorfismos DUFFY em pacientes infectados com Plasmodium vivax
Título(s) alternativo(s): Study of DUFFY polymorphisms in patients infected with Plasmodium vivax
Autor: Abou Ali, Rechfy 
Primeiro orientador: Albuquerque, Sergio Roberto Lopes
Primeiro membro da banca: Albuquerque, Sergio Roberto Lopes
Segundo membro da banca: Weber, Simone Schneider
Terceiro membro da banca: Lalwani, Pritesh Jaychand
Resumo: Introdução: A malária é um importante problema de saúde pública, inclusive no Brasil, onde o Plasmodium vivax é mais prevalente. A glicoproteína Duffy atua como facilitadora da invasão no tecido eritróide pelo P. vivax; porém, ainda pouco se conhece sobre a associação de polimorfismos DUFFY com a susceptibilidade à este tipo de malária. Novas perspectivas, sobre a associação entre esses polimorfismos e o P. vivax, têm surgido em diferentes regiões endêmicas, envolvendo também a densidade parasitária das infecções. Objetivo Investigar o impacto dos polimorfismos DUFFY na malaria causada por Plasmodium vivax Materiais e métodos: Pacientes infectados pelo P. vivax, diagnosticados na Fundação de Medicina Tropical doutor Heitor Vieira Dourado com definição do tipo de malária e parasitemia através dos métodos da gota espessa, genotipagem e leucograma. Para a verificação dos polimorfismos Duffy foram realizadas no Hemocentro do Amazonas, genotipagem através da PCR/RFLP e microarray (Beadchip). Investigamos a significância estatística das frequências encontradas foi analisada utilizando o pacote estatístico R Core Team 2013. Resultados: Foram estudados 287 pacientes e 273 indivíduos sem antecedente de malária. O alelo FYBES foi encontrado em 53,2% de indivíduos sem antecedente de malária e 11,2% de pacientes e o alelo FYB esteve mais associado à média e alta densidade parasitária. Discussão: Os polimorfismos Duffy tem se mostrado importantes nas áreas onde predomina o P. vivax. No presente estudo confirmamos que o alelo FYBES está diretamente associado com uma redução da expressão da glicoproteína Duffy, o que pode exercer um impacto na infecção malárica. Conclusão: Os polimorfismos Duffy podem estar associados tanto com a frequência da infecção quanto com a densidade parasitária e a gravidade das manifestações clínicas.
Abstract: Introduction: Malaria is a major public health problem, including Brazil, where the Plasmodium vivax is more prevalent. The Duffy glycoprotein acts as facilitator in the tissue invasion of erythroid by P. vivax; however, little is known about the association between DUFFY polymorphisms and malaria susceptibility caused by this type of plasmodium. New perspectives about this subject have emerged in different endemic regions also involving the parasite density infections. Objective: To investigate the impact of DUFFY polymorphisms in patients infected by Plasmodium vivax Materials and Methods: It was studied DNA samples of Patients infected by P. vivax, diagnosed in the Formation of Tropical Medicine Doctor Heitor Vieira Dourado through laboratorial tests which defined the type of malaria parasitaemia as the thick smear methods, genotyping and WBC. The verification of Duffy polymorphisms were carried out in the Amazon Blood Center, through PCR / RFLP and microarray method (Beadchip). The statistical significance of the frequencies found were analyzed using the statistical package R Core Team 2013. Results: We studied 287 patients and 273 individuals with no history of malaria. The FYBES allele was found in 53.2% of subjects with no history of malaria and 11.2% of infected patients. The FYB allele seems to be associated with middle and high parasite density. Discussion: Duffy polymorphism has been considered to be important in areas where P. vivax predominates. In the present study we confirm the FYBES allele is directly associated with a reduced expression of the glycoprotein Duffy, which may have an impact on malarial infection. Conclusion: Duffy polymorphisms may be associated as the frequency of parasite infection well as the density and the severity of the clinical manifestations.
Palavras-chave: Malária
Plasmodium vivax
Sistema Duffy
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Amazonas
Sigla da instituição: UEA
Departamento: Escola Superior de Ciências da Saúde ESA::PROPESP
Programa: Hematologia
Citação: Abou Ali, Rechfy. Estudo dos polimorfismos DUFFY em pacientes infectados com Plasmodium vivax. 2015. 73 f. Dissertação (Hematologia) - Universidade do Estado do Amazonas, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/232
Data de defesa: 9-Oct-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÕES - PPCAH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Estudo dos polimorfismos DUFFY em pacientes infectados com Plasmodium vivax Dissertação.pdfDocumento Principal - Dissertação2,16 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons