???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/224
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMota, Elizângela da Rocha-
dc.contributor.advisor1Gonzaga, Amarildo Menezes-
dc.contributor.referee1Gonzaga, Amarildo Menezes-
dc.contributor.referee2Azevedo, Rosa Oliveira Marins-
dc.contributor.referee3Fachín-Terán, Augusto-
dc.date.accessioned2017-02-06T17:11:25Z-
dc.date.issued2015-12-12-
dc.identifier.citationMota, Elizângela da Rocha. As perspectivas de professor pesquisador em narrativas de egressos do programa de pós-graduação em educação e ensino de ciências na Amazônia. 2015. 83 f. Dissertação (Educação e Ensino de Ciências na Amazônia) - Universidade do Estado do Amazonas, Manaus.por
dc.identifier.urihttp://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/224-
dc.description.resumoEsta pesquisa tem como objeto de investigação a ressignificação da tendência professor pesquisador pelos egressos do curso de Pós-Graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia pela Universidade do Estado do Amazonas e que contribuições aquela tem trazido para suas vivências e experiências investigativas. Os sujeitos da pesquisa foram seis egressos, sendo três do Mestrado Acadêmico e três do Mestrado Profissionalizante. Define-se a pesquisa como qualitativa, legitimada pelas técnicas de entrevista individual semiestruturada e relato de vida. O tratamento dos dados coletados foi realizado com base na análise interpretativa distribuídos em quatros eixos: (1) experiências e vivências com a pesquisa no mestrado; (2) perspectivas da tendência professor pesquisador; (3) a ênfase dada à tendência professor pesquisador durante a formação no mestrado; (4) as características da tendência professor pesquisador no cotidiano profissional. Os relatos analisados nos permitiram compreender que os egressos atuam como professores pesquisadores, ressignificam a tendência em suas práticas profissionais, proporcionando aos alunos um ensino com pesquisa mediado por várias estratégias, como o uso do estágio, análise de campo, elaboração e publicação de pesquisa. O mestrado enquanto curso de formação oferece um leque de conhecimentos e habilidades a uma prática educacional transformadora, assim como a formação do professor pesquisador, cabendo a ele próprio adotar ou não esta postura. O percurso no mestrado resultou na ressignificação dos aspectos ontológicos, epistemológicos e metodológicos dos egressos e da pesquisadora.por
dc.description.abstractThis research has as object of investigation the redefinition of professor researcher trend by the Academic Master´s course egresses in Science Education in the Amazon the University of the State of Amazonas and the contributions brought to their living and investigative experiences. The subjects of research were six egresses, three Academic Masters and three College Professional Masters. The research is defined as qualitative, legitimated by the technical semistructured interviews and life´s report. The treatment of collected data were based on interpretative analysys divided on four areas: (1) Living and experiences with the master´s degree research; (2) Perspective of the Professor Researcher Trend; (3) The emphasis on Professor Researcher Trend during the Master´s degree training; (4) The Professor researcher trend features on daily work. The analyzed reports allows us to understand that the egresses act as professor researchers, giving a new meaning on their professional practices providing the students an education with research mediated by several strategies, as internship use, field analysis, articles elaboration and realized survey publication. The Master degree as a graduation course provides a variety of knowledge and skills to a transforming educational practice, as the professor researcher graduation, leaving up to them to take or not this position. The route in master´s course resulted in the redefinition of the ontological, epistemological and methodological aspects of the egresses and researcher.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Biblioteca Central (bibliotecacentral@uea.edu.br) on 2017-02-06T16:09:18Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) As perspectivas de professor pesquisador em narrativas de egressos Dissertação.pdf: 1489728 bytes, checksum: 269839557016fb21a50ca06b76eeccad (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Biblioteca Central (bibliotecacentral@uea.edu.br) on 2017-02-06T17:10:59Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) As perspectivas de professor pesquisador em narrativas de egressos Dissertação.pdf: 1489728 bytes, checksum: 269839557016fb21a50ca06b76eeccad (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Biblioteca Central (bibliotecacentral@uea.edu.br) on 2017-02-06T17:11:25Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) As perspectivas de professor pesquisador em narrativas de egressos Dissertação.pdf: 1489728 bytes, checksum: 269839557016fb21a50ca06b76eeccad (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-02-06T17:11:25Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) As perspectivas de professor pesquisador em narrativas de egressos Dissertação.pdf: 1489728 bytes, checksum: 269839557016fb21a50ca06b76eeccad (MD5) Previous issue date: 2015-12-12eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede.uea.edu.br/jspui/retrieve/1504/As%20perspectivas%20de%20professor%20pesquisador%20em%20narrativas%20de%20egressos%20Disserta%c3%a7%c3%a3o.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade do Estado do Amazonaspor
dc.publisher.departmentEscola Normal Superior ENS::PROPESPpor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUEApor
dc.publisher.programEducação e Ensino de Ciências na Amazôniapor
dc.relation.referencesALARCÃO, Isabel. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2010. AZEVEDO, Rosa Oliveira Marins. Formação inicial de professores de ciências: contribuições do estágio com pesquisa para a educação científica. 385 f. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática. Tese de Doutorado. Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática. Manaus, 2014. ______. Ensino de ciências e formação de professores: diagnóstico, análise e proposta. 165 f. Programa de pós-graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia. Dissertação de Mestrado em Ensino de Ciências. Escola Normal Superior. Manaus, 2008. BARBOSA, Ierecê Monteiro; FACHIN TERÁN, Augusto; GONZAGA, Amarildo Menezes. Educação em ciências na Amazônia: múltiplos olhares. Manaus: Escola Normal Superior/PPGEECA, 2011. CAMPOS, Casemiro de Medeiros. Saberes docente e autonomia dos professores. Rio de Janeiro: Vozes, 2013. CARVALHO, Anna Maria Pessoa de; GIL-PEREZ, Daniel. Formação de professores de ciências: tendências e inovações. São Paulo: Cortez, 2011. CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino; SILVA, Roberto da. Metodologia científica. São Paulo: Pearson, 2007. CLANDININ, D. Jean; CONNELLY, F. Michael. Pesquisa narrativa. Uberlândia: EDUFU, 2011 CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO (CNPQ). Disponível em: <http://lattes.cnpq.br/>. Acesso em: 12 Mai. 2015. CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo. 2ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2007. DEMO, Pedro. Educação e alfabetização científica. Campinas: Papirus, 2010. ______. Educar pela pesquisa. Campinas: Associados, 2003. DELIZOICOV, Demétrio; ANGOTTI, José André; PERNAMBUCO Marta Maria. Ensino de ciências: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2011. DINIZ-PEREIRA, Júlio Emílio. Formação de professores: pesquisas, representações e poder. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. ______. Formação de professores, trabalho docente e suas repercussões na escola e na sala de aula. Educação & Linguagem, Ano 10, nº 15, Jan.-Jun./2007. ______. As licenciaturas e as novas políticas educacionais para a formação docente. Educação & Sociedade, ano XX, nº 68, Dezembro/99. FAZENDA, Ivani. Org. Metodologia da Pesquisa Educacional. São Paulo: Cortez, 2010. FREITAS, Sônia Maria de. História oral: possibilidade e procedimentos. São Paulo: Editorial Humanitas, 2006. GERALDI, Corinta Maria Grisolia; FIORENTINI, Dario; PEREIRA, Elisabete Monteiro de Aguiar. Cartografia do trabalho docente: professor (a) pesquisador (a). Campinas, SP: Mercado de Letras, 1998. GOMES, Aldalúcia Macêdo dos Santos; GHEDIN, Evandro. FIGUEIREDO, Ângela Maria Rodrigues de. O percurso formativo de professores na perspectiva das ciências cognitivas em uma realidade strictu sensu - mestrado. IV Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia. Ponta Grossa, 2014. Disponível em: < http://www.sinect.com.br/2014/>. Acesso em: 06 Mar. 2015 GONZAGA, Amarildo Menezes et al. Temas para o observatório da educação na Amazônia. Curitiba: CRV, 2011. LÜDKE, Menga. O professor, seu saber e sua pesquisa. Educação & Sociedade, ano XXII, nº 74, Abril/2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/>. Acesso em: 12 Set. 2015. MEIHY, José Carlos Sabe Bom. Manual de história oral. 5° ed. São Paulo: Loyola, 2005. NEVES, José Luis. Pesquisa qualitativa: características, usos e possibilidades. Caderno de Pesquisa em Administração, São Paulo, v. 1, n° 3, 2 sem/1996. Disponível em: < http://www.ead.fea.usp.br/cad-pesq/arquivos/C03-art06.pdf>. Acesso em: 04 Nov. 2014. NÓVOA, Antônio (Org.). Vida de Professores. 2° edição. Porto, Portugal: Porto Editora, 2007. OLIVEIRA, Carolina Barroncas; GONZAGA, Amarildo Menezes. Professor pesquisador educação científica: o estágio com pesquisa na formação de professores para os anos iniciais. Curitiba: CRV, 2013. PÁDUA, Elisabete Matallo Marchesini de. Metodologia da pesquisa: abordagem teórico-prática. Campinas, SP: Papirus, 2004. PIMENTA, Selma Garrido; GHEDIN, Evandro, (orgs). Professor Reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Cortez, 2012. _____. ANASTASIOU, Léa das Graças Camargo. Docência no Ensino Superior. São Paulo: Cortez, 2014. _____. Professor pesquisador: mitos e possibilidades. Contrapontos, v.5, n° 1, p. 09-22. Itajaí, jan./abr. 2005. Disponível em:<http:// http://www.univali.br//>. Acesso em: 10 set. 2015. PESCE, Marly Krüger de. A formação do professor pesquisador nos cursos de Licenciatura: a perspectiva do professor formador e dos licenciandos. 141 f. Tese de Doutorado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2012. POZO, Juan Ignacio; CRESPO, Miguel Ángel Gómez. Aprendizagem e o Ensino de Ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. Rio de Janeiro: ArtMed, 2009. SEGURA, Eduardo. A interdisciplinaridade como perspectiva curricular em um projeto do programa do observatório da educação/Capes no Amazonas. 81 f. Programa de Pós-Graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia. Dissertação de Mestrado Acadêmico em Educação em Ciências na Amazônia. Manaus, 2012. SILVA. Simone Souza; GONZAGA, Amarildo Menezes. A interface currículo-educação em Ciências na Amazônia: narrativas de professores em formação continuada. RBPG, Brasília, v. 11, n° 23, p. 219 - 243, março de 2014. Disponível em: <http://www. ojs.rbpg.capes.gov.br/>. Acesso em: 18 Jul. 2015. SOUZA, Elizeu Clementino de; ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto; JOSSO, Marie-Christine. Tempos, narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006. TAVARES, Dirce Encarnacion. A interdisciplinaridade na contemporaneidade: qual o sentido? In: FAZENDA, Ivani et al. O que é interdisciplinaridade. São Paulo: Cortez, 2013. TEODORO, A. et al. Ensinar e aprender no ensino superior: por uma epistemologia da curiosidade na formação universitária. São Paulo: Mackenzie; Cortez, 2003. TRIVELATO, Silvia Frateschi; SILVA, Rosana Louro Ferreira. Ensino de Ciências. São Paulo: Cengage Learning, 2011. TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. 1ª ed. São Paulo: Atlas, 2010. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS. Disponível em: <http://www.uea3.edu.br/>. Acesso em: 17 Jan. 2015. ______. Decreto n. º 21.963, de 27 de Junho de 2001. Aprova o Estatuto da Universidade do Estado do Amazonas. Disponível em:<http://www.uea3.edu.br >. Acesso em: 01 Out. 2015a. ______. Relatório da Instituição. Disponível em: <http://www.uea3.edu.br >. Acesso em: 12 Jan. 2015b. ______. Regimento interno do Mestrado Acadêmico de Educação e Ciências na Amazônia. Disponível em: <http://www.pos.uea.edu.br/ >. Acesso em: 18 Jan. 2015c. YARED, Ivone. O que é interdisciplinaridade?. In: FAZENDA, Ivani et al. O que é interdisciplinaridade. São Paulo: Cortez, 2013.por
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectPesquisa na docênciapor
dc.subjectPrática educacionalpor
dc.subjectPedagogia - pesquisapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.subject.cnpqEDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEMpor
dc.titleAs perspectivas de professor pesquisador em narrativas de egressos do programa de pós-graduação em educação e ensino de ciências na Amazôniapor
dc.title.alternativeThe perspectives of researcher professor in narratives of graduates of the postgraduate program in education and teaching of sciences in the Amazoneng
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:DISSERTAÇÕES - PPGECA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
As perspectivas de professor pesquisador em narrativas de egressos Dissertação.pdfDocumento Principal - Dissertação1,45 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons