???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/222
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo do potencial biotecnológico da polpa de tucumã (astrocaryum aculeatum) in natura e da conservação das suas propriedades nutricionais em embalagens a vácuo
Título(s) alternativo(s): Study of the biotechnological potential of the pulp of tucumã (astrocaryum aculeatum) in natura and the conservation of its nutritional properties in vacuum packages
Autor: Azevedo, Shéfanny Caroline Mendes
Primeiro orientador: Albuquerque, Patrícia Melchionna
Primeiro coorientador: Matsuura, Takeshi
Primeiro membro da banca: Albuquerque, Patrícia Melchionna
Segundo membro da banca: Souza, Érica Simplício de
Terceiro membro da banca: Souza, Patrick Gomes de
Resumo: O tucumã, também conhecido como tucumã do Amazonas, comumente encontrado na Região Amazônica, é o fruto oriundo da palmeira Astrocaryum aculeatum, e apresenta potencial econômico local. Caracteriza-se como um pouco ácido, com baixos teores de açúcar, alto teor de β-caroteno e alto valor energético. Dada a pequena quantidade de estudos sobre a manutenção das suas características nutricionais e a viabilidade biotecnológica do mesmo, neste trabalho foi realizada a triagem fitoquímica e avaliação de quercetina dos extratos hexânico e metanólico da polpa, avaliando-se a atividade antioxidante do extrato metanólico, bem como a atividade de proteção solar e atividade antimicrobiana contra Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Pseudomoas aeruginosa e Cadida albicans, dos extratos metanólico e hexânico da polpa. Também foi verificada a conservação das propriedades nutricionais da polpa de tucumã in natura, a partir da utilização de embalagem a vácuo, sob temperaturas de congelamento e resfriamento, bem como a conservação do potencial antioxidante do extrato metanólico durante o armazenamento. As embalagens foram armazenadas sob temperatura de congelamento e resfriamento, executando-se, em 0, 10, 30, 60, 90, 120 e 150 dias, análises de umidade, cinzas, pH, acidez, extrato etéreo, β-caroteno, vitamina A, energia, crescimento de coliformes e Salmonella e atividade antioxidante pelo método do sequestro do radical DPPH•.Constatou-se a presença de flavonoides, taninos, alcaloides e saponinas no extrato metanólico, alcaloides e esteroides no extrato hexânico, bem como notável atividade antioxidante através do sequestro de radicais DPPH• e sistema β-caroteno/ácido linoleico. Não foi constatada a presença de quercetina nos extratos metanólico e hexânico da polpa de tucumã. Foi verificado FPS de 5,65 no extrato metanólico e ausência de atividade de proteção solar no extrato hexânico. A polpa de tucumã não apresentou atividade antimicrobiana contra as cepas avaliadas. Na conservação gerada pela embalagem a vácuo associada às temperaturas de congelamento e resfriamento foi constatado que os valores de umidade, cinzas, pH, β-caroteno e vitamina A são conservados pela utilização de embalagem a vácuo, em temperatura de congelamento ou resfriamento, durante 5 meses de armazenamento; a acidez é conservada somente em embalagens a vácuo sob congelamento, por apenas 10 dias; os valores de extrato etéreo são conservados durante 3 meses de congelamento e 1 mês de resfriamento; e a energia contida na polpa é conservada por 2 meses sob congelamento e 10 dias sob resfriamento. Não foi detectada presença de coliformes e Salmonella durante 5 meses de armazenamento, em amostras congeladas ou resfriadas; e a atividade antioxidante se manteve conservada durante 2 meses em amostras congeladas e não houve conservação em amostras resfriadas. Com este trabalho foi possível concluir que a polpa de tucumã possui um elevado potencial biotecnológico para as indústrias farmacêutica, cosmética e de alimentos, já que possui significativa atividade antioxidante; a utilização de embalagens a vácuo sob congelamento é mais eficiente na conservação das suas propriedades nutricionais em comparação com a temperatura de resfriamento.
Abstract: The tucumã, also known as tucumã of the Amazonas, commonly found in the Amazon region, is a fruit derived from the Astrocaryum aculeatum palm tree, which presents local economic potential. It is characterized as a slightly acid, low sugar, high β-carotene, and high energy fruit. Given the small number of studies regarding the maintenance of its nutritional characteristics and its biotechnological feasibility, in this work it was performed the phytochemical screening and the quercetin analysis in hexanic and methanolic pulp extracts. It was evaluated the antioxidant activity of methanolic extract, as well as the solar protection activity and antimicrobial activity of methanolic and hexanic extracts. It was also verified the conservation of the nutritional properties of tucumã pulp in natura, using vacuum packaging, under freezing and cooling temperatures. The conservation of the antioxidant potential of the methanolic extract during storage was also evaluated. The packs containing tucumã pulp were stored under freezing and cooling temperatures. After 0, 10, 30, 60, 90, 120 and 150 days, it was verified the content of moisture, ash, pH, acidity, ethereal extract, β-carotene, vitamin A, energy, microbiological growth (coliforms and Salmonella), and antioxidant activity. It was found the presence of flavonoids, tannins, alkaloids and saponins in the methanolic extract; alkaloids and steroids in the hexanic extract, and remarkable antioxidant activity for DPPH • scavenging and β-carotene/linoleic acid system. It was not found the presence of quercetin in the methanolic neither in the hexanic extract of tucumã pulp. It was found a 5.65 SPF in the methanolic extract, and the lack of sun protection activity in the hexanic extract. The tucumã pulp showed no antimicrobial activity against the tested pathogenic strains. Conservation promoted by the vacuum packaging associated with freezing and cooling temperatures showed that the values of moisture, ash, pH, β-carotene and vitamin A are retained by the use of vacuum packaging, in freezing or cooling temperatures for 5 months of storage; acidity is conserved in vacuum packages only in a freezer for 10 days; the ethereal extract values are kept for 3 months in a freezer, and 1 month when cooled; and the energy contained in the pulp is kept for 2 months under freezing, and for 10 days under cooling. It was not detected the presence of coliforms nor Salmonella during 5 months of storage in frozen and chilled samples; and the antioxidant activity remained preserved for 2 months for frozen samples, not being preserved in refrigerated samples. It can be concluded with this work that the tucumã pulp has a high biotechnological potential for the pharmaceutical, cosmetics and food industries, as it presents significant antioxidant activity. The use of vacuum packaging under freezing is more efficient for conserving the nutritional properties of tucumã pulp, when compared to the cooling temperature.
Palavras-chave: Tucumã
Astrocaryum aculeatum
Biotecnologia
Fitoquímica
antioxidante
proteção solar
FPS
antimicrobiana
conservação
vácuo
Área(s) do CNPq: NUTRICAO::BIOQUIMICA DA NUTRICAO
BIOQUIMICA::METABOLISMO E BIOENERGETICA
CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Amazonas
Sigla da instituição: UEA
Departamento: Escola Superior de Ciências da Saúde ESA::PROPESP
Programa: Biotecnologia e Recursos Naturais
Citação: Azevedo, Shéfanny Caroline Mendes. Estudo do potencial biotecnológico da polpa de tucumã (astrocaryum aculeatum) in natura e da conservação das suas propriedades nutricionais em embalagens a vácuo. 2016. 90 f. Dissertação (Biotecnologia e Recursos Naturais) - Universidade do Estado do Amazonas, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.uea.edu.br/jspui/handle/tede/222
Data de defesa: 30-Jun-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÕES - MBT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Estudo do potencial biotecnológico da polpa de tucumã Dissertação.pdfDissertação - Documento Principal1,65 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons